10:16 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Manifestante entra em confronto com a polícia em frente a sede do Parlamento do Equador

    Manifestantes invadem prédio do Parlamento do Equador e são retirados pela polícia

    © REUTERS / Ivan Alvarado
    Américas
    URL curta
    10283
    Nos siga no

    Manifestantes conseguiram invadir o prédio da Assembleia Nacional do Equador, o parlamento do país, na capital Quito, nesta terça-feira (8).

    Os policiais reagiram com bombas de efeito moral e conseguiram retirar os invasores poucos minutos depois.

    O prédio estava vazio, sem funcionários e parlamentares. 

    Do lado de fora, manifestantes cercam o prédio do Parlamento equatoriano e entoam gritos contra o presidente do país Lenín Moreno. Ainda não há um balanço sobre feridos.

    Na segunda-feira (7), o presidente equatoriano anunciou a transferência da sede do governo para a cidade de Guayaquil.

    Quito está tomada por barricadas policiais após Lenín Moreno ter declarado estado de exceção, que dá a ele prerrogativa de usar forças armadas contra manifestantes.

    Os manifestantes protestam contra um pacote de medidas econômicas que incluem o fim dos subsídios a combustíveis.

    Mais:

    Movimentos indígenas bloqueiam estradas no Equador contra pacote do governo
    Equador transfere sede do governo de Quito para Guayaquil
    Países latino-americanos acusam Maduro de estar por trás de manifestações no Equador
    Tags:
    manifestantes, parlamento, Equador
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar