16:25 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente Donald Trump encontra seu homólogo ucraniano, Vladimir Zelensky, no hotel InterContinental Barclay em Nova York, Estados Unidos

    Trump diz que Ucrânia 'deve investigar' Joe Biden e seu filho

    © AP Photo / Evan Vucci
    Américas
    URL curta
    380
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Donald Trump, declarou nesta quinta-feira (3) que gostaria que o presidente da Ucrânia, Vladimir Zelensky, investigasse as atividades do ex-vice-presidente norte-americano, Joe Biden, e do seu filho Hunter.

    Trump disse que a Ucrânia "deve investigar as atividades da família Biden", acrescentando que a China já iniciou tais investigações, sem oferecer detalhes sobre quais apurações Pequim estaria realizando.

    "Eu diria ao presidente Zelensky que no seu lugar eu começaria a realizar uma investigação contra os Biden", disse Trump a jornalistas.

    Ao ser perguntado se solicitou que a China realizasse uma investigação contra a família Biden, Trump afirmou que não fez este pedido, mas destacou que "vale a pena começar a pensar sobre isso".

    O Congresso norte-americano está investigando a denúncia de que Trump pediu um favor ao presidente da Ucrânia, Vladimir Zelensky, para ajudar a investigar o ex-vice-presidente Joe Biden e seu filho, Hunter Biden, que trabalhou para uma companhia de gás ucraniana.

    Pedido de impeachment

    Os democratas acusam Donald Trump de colocar em perigo a segurança nacional e a integridade do pleito para presidente. A conversa com Zelensky aconteceu pouco depois dos EUA congelarem quase US$ 400 milhões em ajuda para a Ucrânia, o que motivou acusações de que Trump utilizou o corte para se favorecer politicamente nas eleições presidenciais de 2020.

    O caso levou a presidente da Câmara dos Representantes, a democrata Nancy Pelosi, a aceitar o pedido de abertura de impeachment contra Trump. A Casa possui maioria democrata, mas o Senado dos EUA hoje tem maioria de republicanos.

    Trump divulgou a transcrição de sua conversa com Zelensky e negou qualquer irregularidade, classificando a investigação de impeachment dos democratas como mais uma caça às bruxas política destinada a reverter o resultado das eleições presidenciais de 2016 nos EUA.

    Mais:

    EUA: Trump denuncia inquérito de impeachment como 'golpe'
    Trump diz que EUA terão boas relações com a Rússia 'porque é inteligente'
    Ucrânia é 'grande, amplo e belo muro' entre Rússia e Europa, diz Trump
    Tags:
    Donald Trump, Joe Biden, eleição, Ucrânia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar