14:46 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump, durante na Cúpula do G20 em Osaka, no Japão

    Trump teria ordenado bloquear assistência militar à Ucrânia por 'alto nível de corrupção'

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Américas
    URL curta
    252
    Nos siga no

    Trump teria ordenado ordenou bloquear temporariamente a alocação de cerca de US$ 400 milhões (R$ 1,6 bilhões) de assistência militar à Ucrânia.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, teria ordenado o chefe de gabinete interino da Casa Branca, Mick Mulvaney, a bloquear temporariamente a assistência militar à Ucrânia devido aos altos níveis de corrupção no país. A informação foi divulgada por uma publicação do Washington Post, citando funcionários de alto escalão da administração dos EUA.

    A ordem do líder norte-americano, segundo as fontes, foi transmitida ao Departamento de Estado e ao Pentágono em meados de julho, cerca de uma semana antes de Trump ter uma conversa por telefone com o presidente ucraniano Vladimir Zelensky.

    De acordo com a publicação, Trump manifestou muitos "receios" sobre a necessidade de alocar fundos, desejando estudar se esse dinheiro deveria ser gasto. Além disso foi informado que a decisão do presidente dos EUA foi muito influenciada por preocupações relacionadas ao "alto nível de corrupção na Ucrânia".

    Foi ressaltado que os fundos foram descongelados devido à proximidade do final do ano fiscal em 30 de setembro. A administração dos EUA temia que, se o dinheiro não fosse gasto, isso pudesse ser percebido como uma violação da lei, em conexão com a qual Trump deu permissão para desbloquear os fundos.

    Mais:

    Ucrânia não consegue entregar aos EUA um único tanque
    EUA não ajudarão caso navios da Ucrânia entrem de novo no estreito de Kerch, segundo fonte
    Trump considera política dos EUA na Ucrânia 'inútil e agravante com os russos', diz jornal
    EUA pediram para Ucrânia não investigar grupo financiado por Soros em 2016, diz site
    Tags:
    assistência militar, Volodymyr Zelensky, Donald Trump, Ucrânia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar