14:28 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Donald Trump discursando em evento da NRA em 2017.

    Trump diz que discussão sobre regras mais rígidas para venda de armas segue 'muito devagar'

    © AP Photo / Mike Stewart
    Américas
    URL curta
    0 0 0
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, derramou um balde de água fria nos que esperam um compromisso bipartidário por uma legislação mais rígida para a venda de armas nesta quinta-feira (19).

    Apesar do procurador-geral, Willian Barr, circular no Capitólio um rascunho de lei para expandir as checagens de antecedentes para a venda de armas, Trump afirmou em entrevista à Fox News que não há um acordo eminente. 

    A fala do presidente dos EUA ocorre seis semanas após tiroteios em massa no Texas e Ohio matarem mais de 30 pessoas.

    "Estamos indo muito devagar", disse Trump, acrescentando que, embora ele não queira que as "pessoas más" tenham armas, ele não permitirá que nenhum plano avance que afaste as pessoas que cumprem a lei ou limite a Segunda Emenda. 

    O rascunho de lei vinculado a Barr vazou à imprensa e legisladores questionaram se Trump apoiaria a expansão de checagens de antecedentes para o mercado de armas. Há dúvidas se o presidente enfrentaria a oposição do seu próprio partido e da Associação Nacional do Rifle. 

    Mas, falando com repórteres no Air Force One ao voltar da Califórnia, Trump disse que o plano era apenas uma das muitas idéias em consideração.

    "Essas são idéias que estamos conversando com republicanos, democratas e todo mundo. Alguns gostam, outros não. Apenas uma série de conceitos", afirmou Trump.

    Mais:

    Carro bate na entrada do Trump Plaza em New Rochelle (FOTOS, VÍDEO)
    Mídia: plano de contra-ataque ao Irã pelas refinarias sauditas incendiadas é proposto a Trump
    Venezuela reage após EUA invocar TIAR: 'Para Trump, a paz e o entendimento são más notícias'
    Trump nomeia Robert C. O'Brien para substituir John Bolton
    Venezuela pede a Trump que reinicie um processo de diálogo com Maduro
    Tags:
    NRA, Estados Unidos, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar