07:31 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Logo do Facebook

    Empresas de tecnologia se reúnem com inteligência dos EUA para discutirem eleições de 2020

    © REUTERS / Dado Ruvic
    Américas
    URL curta
    310
    Nos siga no

    Várias empresas de tecnologia, incluindo Facebook, Google, Alphabet, Microsoft e Twitter, se reuniram com representantes do governo dos EUA nesta quarta-feira (4) para discutir estratégias de segurança relacionadas às eleições de 2020, informou o Facebook em comunicado.

    As equipes de segurança das empresas se reuniram com representantes do Gabinete do Diretor de Inteligência Nacional e do Departamento de Segurança Interna na sede do Facebook em Menlo Park, Califórnia. As informações foram publicadas em uma reportagem da Agência Reuters.

    "O objetivo era aproveitar as discussões anteriores e fortalecer ainda mais a colaboração estratégica em relação à segurança das eleições estaduais, federal e presidencial dos EUA em 2020", disse Nathaniel Gleicher, chefe de política de segurança cibernética do Facebook em comunicado.

    "Especificamente, os participantes conversaram sobre como a indústria e o governo poderiam melhorar a maneira como compartilhamos informações e coordenamos nossa resposta para detectar e impedir melhor as ameaças".

    As empresas de mídia social estão sob pressão para aumentar a segurança depois do que as agências de inteligência dos EUA alegaram que houve influência cibernética russa que visava ajudar o presidente Donald Trump a ser eleito em 2016. A Rússia negou repetidamente as alegações e nada foi provado até o momento.

    "Este é um esforço conjunto em resposta a uma ameaça compartilhada, e estamos comprometidos em fazer nossa parte", disse uma porta-voz do Twitter em comunicado.

    Mais:

    Eleições gerais na Índia viram palco para fake news no WhatsApp
    Em renúncia, Mueller diz que faltaram evidências para acusar Trump de ter cometido crime
    Ministério da Justiça pede explicações ao Facebook sobre escuta de usuários
    Tags:
    Google, Twitter, Estados Unidos, fake news, eleições, Facebook
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar