00:56 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Consequências do furacão Maria em Porto Rico

    Governo de Porto Rico aloca quantia multimilionária para chegada de novo furacão

    © AP Photo / Ramon Espinosa
    Américas
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    O governo de Porto Rico aprovou US$ 260 milhões (R$ 1 bilhão) em fundos de reserva de emergência para se preparar para a chegada de um novo furacão, dois anos após o ciclone tropical que devastou uma parte significativa do país.

    "À luz do furacão Dorian e da declaração federal relacionada de estado de emergência em Porto Rico, o Conselho de Administração e Supervisão Financeira autorizou a utilização dos fundos de reserva de emergência dos anos fiscais 2019 e 2020 conforme necessário pelo Governo de Porto Rico sem aprovação prévia de repartições do Conselho de Supervisão até 28 de setembro de 2019", informou em comunicado o Conselho de Administração e Supervisão Financeira do país.

    Segundo o órgão, os valores em questão só poderão ser aplicados, exclusivamente, em despesas relacionadas à emergência do furacão Dorian, cuja chegada ao país era aguardada já nesta quarta-feira.

    "Esperamos que as tempestades passem sem danos para Porto Rico. Nossos pensamentos e orações estão com o
    povo de Porto Rico durante este período difícil", disse no documento a diretora executiva do conselho, Natalie A. Jaresko.

    Mais cedo, Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, país ao qual Porto Rico está administrativamente ligado, declarou estado de emergência para o território caribenho, ordenando assistência federal à ilha, que, em setembro de 2017, sofreu com a passagem do furacão Maria, o pior a atingir o país em quase 90 anos

    Mais:

    EUA desativam esquadrão de F-22 após passagem de furacão na Flórida
    Novas FOTOS do Hubble revelam furacão misterioso na atmosfera de Netuno
    Tempestades causam inundações em Nova Orleans às vésperas da chegada de um furacão
    Tags:
    ciclone, furacão, Donald Trump, EUA, Estados Unidos, Porto Rico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar