23:46 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Consórcio russo Kalashnikov demonstra um dos seus últimos avanços – o fuzil de assalto AK-308 com mira dióptrica e coronha retrátil regulável

    Kalashnikov inaugurará fábrica de fuzis na Venezuela entre 2020 e 2021

    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Américas
    URL curta
    6257
    Nos siga no

    O diretor do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar (FSMTC) da Rússia, Dmitry Shugaev, falou à imprensa sobre o início de funcionamento da fábrica de fuzis Kalashnikov que está sendo construída na Venezuela.

    "Dada a situação atual, [a inauguração da fábrica Kalashnikov] na Venezuela será entre 2020 e 2021", respondeu ele aos repórteres no âmbito do Salão Aeroespacial Internacional MAKS-2019.

    Shugaev também destacou que o país continua cumprindo seus contratos com a Venezuela na área da defesa.

    "Hoje, temos contratos com a Venezuela e, tanto quanto a situação o permite no momento, continuamos mantendo a operacionalidade dos equipamentos fornecidos anteriormente", complementou.

    O diretor do FSMTC explicou que na Venezuela há especialistas de empresas industriais russas que ajudam seus colegas venezuelanos a manter o equipamento em boas condições.

    Construção da fábrica garantida

    No final de junho, a exportadora russa de armas Rosoboronexport anunciou que Caracas estava cumprindo todos os seus compromissos relativamente à construção da fábrica da Kalashnikov na Venezuela.

    No mesmo mês, o diretor executivo do consórcio industrial russo Rostec, Sergei Chemezov, declarou no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo que os EUA estão atrapalhando a construção da fábrica, embora tenha assegurado que ela será construída de qualquer maneira.

    No ano passado, Caracas informou que a fabricação de fuzis de assalto Kalashnikov na Venezuela começaria antes do final de 2019, mas os prazos foram adiados. A fábrica será o primeiro complexo oficial de fabricação desta marca de armas fora do território russo.

    Mais:

    NI qualifica metralhadora Kalashnikov como a melhor do mundo
    Rússia começa a produzir fuzis Kalashnikov na Venezuela em 2019
    Aviões de alta tecnologia: assim foi a abertura do salão aeroespacial da Rússia
    Tags:
    fuzil de assalto, Venezuela, Kalashnikov, metralhadora Kalashnikov
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar