14:49 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump, e assessor de Segurança Nacional, John Bolton, na cúpula da OTAN em Bruxelas

    Inclinação de Trump ao diálogo com Irã não muda postura 'severa', diz Bolton

    © Sputnik / Aleksei Vitvitsky
    Américas
    URL curta
    736
    Nos siga no

    A disposição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com o Irã, não muda a postura severa do país nas relações com Teerã.

    A afirmação partiu do assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, John Bolton.

    "Falar com [a liderança iraniana] não implica, para o presidente Trump, mudar a sua posição", disse Bolton em entrevista à Radio Free Europe nesta terça-feira (27).

    "A ideia de que o Irã receberia um benefício econômico tangível meramente por parar de fazer coisas que não deveria estar fazendo, em primeiro lugar, simplesmente não é um início", acrescentou.

    Na segunda-feira (26), Trump disse que estaria disposto a se reunir com o presidente iraniano Hassan Rouhani sob as circunstâncias certas. O encontro teria como fim a negociação de um acordo e não descartou que tal reunião ocorra em breve.

    Bolton acrescentou que as sanções dos EUA contra o Irã seriam levantadas se um acordo abrangente sobre os programas nucleares e de mísseis balísticos do Irã fosse alcançado.

    O presidente francês, Emmanuel Macron, durante coletiva de imprensa conjunta com Trump disse que gostaria de ver uma reunião entre Trump e Rouhani dentro de algumas semanas.

    Mais:

    Irã refuta Israel e diz que suas posições na Síria não foram atacadas
    Irã posiciona destróier com mísseis de cruzeiro no golfo de Áden, segundo relatos
    Irã diz que 'ações agressivas' de Israel na região terão consequências
    Fortificação dos laços e da Rota da Seda? O que promete visita do chanceler do Irã à China
    Tags:
    Hassan Rouhani, John Bolton, Teerã, Irã, Donald Trump, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar