10:51 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    170
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira (26) que poderá sediar a cúpula do G7 do ano que vem em uma de suas propriedades.

    O encontro seria realizado no resort de golfe Trump National Doral, perto de Miami. O presidente republicano insistiu que não lucrará pessoalmente com a seleção do local.

    Trump disse que o resort no Estado da Flórida é uma escolha perfeita por conta de seu tamanho quanto e pelo fato de estar a cinco minutos de carro do aeroporto de Miami.

    "Eles adoram a localização do hotel, também gostam do fato de que é logo ao lado do aeroporto, pela conveniência. E é Miami, Doral, Miami, então é uma área ótima", disse ele durante a cúpula deste ano na cidade francesa de Biarritz.

    As nações do G7 se revezam para sediar a cúpula, muitas vezes escolhendo localidades que exibem áreas de beleza natural.

    Em coletiva de imprensa ainda nesta segunda, Trump disse que não se beneficiará diretamente por sediar o G7 em seu resort de golfe, dizendo: "Do meu ponto de vista, não vou ganhar dinheiro nenhum. Em minha opinião, não vou ganhar dinheiro nenhum".

    Mais:

    Trump diz concordar com volta da Rússia ao G7
    Trump se arrepende de taxas sobre a China? Sim, elas deveriam ser maiores
    Trump afirma que 'certamente' convidará Putin para G7 ano que vem
    Uma cadeira vazia no evento sobre clima do G7: Trump
    Tags:
    G7, Estados Unidos, Donald Trump
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar