09:15 21 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Macri durante a cúpula dos Brics, em 2018.

    Após derrota de Macri, ministro da Fazenda renuncia na Argentina

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Américas
    URL curta
    13203
    Nos siga no

    O ministro da Fazenda, Nicolás Dujovne, apresentou sua renúncia ao cargo de Ministro da Fazenda da Argentina após vários dias de rumores sobre mudanças no gabinete como consequência da crise econômica que se agravou após os resultados das eleições primárias.

    Dujovne comunicou sua renúncia ao presidente da Argentina, Mauricio Macri, por meio de uma carta: "Estou convencido de que, dadas as circunstâncias, a administração que você lidera precisa de uma renovação significativa".

    "Certamente cometemos erros", reconheceu o agora ex-ministro.

    A mídia local aponta para Hernán Lacunza - atual chefe do Tesouro da província de Buenos Aires - como o sucessor de Dujovne.

    A chapa da oposição, formada por Alberto Fernández e Cristina Kirchner, venceu as eleições primárias na Argentina por 47% contra 32% do presidente Mauricio Macri.

    A vitória de Fernández nas eleições primárias do último domingo foi seguida por uma queda aguda no mercado de ações da Argentina e na moeda local, o peso.

    Mais:

    Como possível retorno de Kirchner na Argentina afetará relações com Brasil de Bolsonaro?
    Vencedor das eleições primárias, Fernández diz que Argentina não dará calote
    'Bandidos de esquerda começam a voltar ao poder na Argentina', diz Bolsonaro
    Tags:
    eleição, renúncia, Mauricio Macri, Crise, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar