20:40 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    A bandeira da República Popular da China e as Estrelas e Listras dos Estados Unidos tremulam pela Avenida da Pensilvânia, perto do Capitólio dos EUA, durante a visita de Estado do presidente chinês, Hu Jintao em 18 de janeiro de 2011 (foto de arquivo).

    EUA chamam governo chinês de 'regime criminoso' após vazamento de dados sobre diplomata americana

    © REUTERS / Hyungwon Kang
    Américas
    URL curta
    292145
    Nos siga no

    Os EUA acusaram a China de ter um "regime criminoso" depois de Pequim revelar informações pessoais de diplomata norte-americana.

    O vazamento de informações teria ocorrido após a diplomata se reunir com os líderes do movimento pró-democracia de Hong Kong, afirmou o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Morgan Ortagus.

    "Não acho que vazar informações pessoais, fotos e nomes dos filhos da diplomata norte-americana seja um protesto formal, isso é o que um regime criminoso faria", afirmou Ortagus.

    "Não é assim que uma nação digna se comportaria. A divulgação de qualquer uma dessas informações pessoais de uma diplomata norte-americana é totalmente inaceitável", completou.

    Anteriormente, a China exigiu que os diplomatas americanos parassem de interferir nos assuntos de Hong Kong.

    Em declaração, o Ministério das Relações Exteriores da China exigiu ao escritório diplomático dos EUA que pare imediatamente de se reunir com manifestantes anti-China e de interferir nos assuntos da cidade.

    Bandeiras nacionais dos EUA e da China
    © AP Photo / Andy Wong
    Bandeiras nacionais dos EUA e da China

    Hong Kong enfrenta o terceiro mês de protestos contra um projeto de lei que permitiria extraditar suspeitos residentes na cidade para jurisdições com as quais não tem acordo de extradição, incluindo a China continental.

    Mesmo após Hong Kong ter anunciado a suspensão do projeto de lei, os moradores locais continuam exigindo que a medida seja completamente retirada.

    Mais:

    Brasil pode ser 1ª opção da China para substituir EUA no fornecimento de produtos agrícolas?
    China responde aos EUA: é absolutamente claro quem mina estabilidade na Ásia-Pacífico
    Analista explica como medo dos EUA perante China 'acabou com' Tratado INF
    Tags:
    vazamento, manifestação, protestos, regime, acusação, EUA, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar