10:24 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Bombardeiros estratégicos Tu-95MS durante a 73ª Parada da Vitória, na Praça Vermelha, em 9 de maio de 2018

    EUA interceptam aviões russos perto do Alasca

    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Américas
    URL curta
    7143

    Quatro caças norte-americanos interceptaram dois bombardeiros russos perto do Alasca, em espaço aéreo internacional, segundo informou nesta quinta-feira o Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (NORAD), responsável pela defesa do espaço aéreo dos Estados Unidos e do Canadá.

    De acordo com o NORAD, apesar da interceptação, as aeronaves russas permaneceram em espaço aéreo internacional, sobre o mar de Beaufort, e, em nenhum momento, violaram a soberania dos EUA ou do Canadá. 

    ​Dois caças F-22 e dois CF-18, apoiados por um E-3 Sentry, um KC-135 Stratotanker e um C-130 do NORAD, identificaram positivamente e interceptaram dois bombardeiros Tu-95 na zona de identificação de defesa aérea do Alasca e do Canadá. As aeronaves russas permaneceram no espaço aéreo internacional, no mar de Beaufort, e, em nenhum momento, entraram no espaço aéreo soberano dos Estados Unidos ou do Canadá.

    De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, os bombardeiros russos em questão realizavam um voo de patrulha de 10 horas sobre as águas neutras do mar de Bering como parte do exercício naval de grande escala Escudo do Oceano 2019 quando foram seguidos pelos aviões americanos.

    Mais:

    Su-35 russo intercepta jato dos EUA sobre o mar Mediterrâneo
    Caça Su-27 intercepta aviões espiões dos EUA e Suécia perto da fronteira russa (VÍDEO)
    Caça russo intercepta avião dos EUA no mar Negro – Vídeo
    Venezuela declara ter interceptado avião espião dos EUA em seu espaço aéreo (VÍDEO)
    Tags:
    espaço aéreo, América do Norte, interceptação, CF-18, F-22, Tu-95, NORAD, Alasca, Canadá, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar