07:34 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Notas yuan e dólares dos EUA são vistos em uma mesa em Yichang, província de Hubei, na China central em 14 de agosto de 2015

    Assessores de Trump não concordam com imposição de novas taxas à China, diz mídia

    © AFP 2019 / STR
    Américas
    URL curta
    652
    Nos siga no

    Diversos membros do governo norte-americano estão contra a aplicação de novas taxas às importações chinesas.

    O representante da Secretaria do Comércio norte-americano, o secretário das Finanças, bem como os assessores do presidente norte-americano Donald Trump, não concordam que o país aplique novas taxas à China, cita uma fonte ao jornal The Wall Street Journal.

    "O representante do Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, o secretário das Finanças, Stephen Mnuchin, o assessor econômico da Casa Branca, Lawrence Kudlow, e o assessor de Segurança Nacional, John Bolton, estão contra o aumento das taxas. Porém, Trump foi implacável", afirmou o jornal.

    Trump declarou que os EUA criarão uma taxa extra de 10% aos produtos chineses por um valor de US$ 300 milhões a partir de 1° de setembro, quando espera poder continuar com as negociações para alcançar um acordo comercial com Pequim.

    Bandeiras dos EUA e China (imagem de arquivo)
    © AP Photo / Andy Wong
    Bandeiras dos EUA e China (imagem de arquivo)

    Washington e Pequim travam uma guerra comercial desde junho de 2018, quando Trump e o líder chinês, Xi Jinping, acordaram uma trégua de 90 dias durante a qual concordaram em não criar taxas extra para recomeçar as negociações e assim, resolver a guerra comercial.

    Mais:

    O que acontecerá caso Pequim se livre dos títulos do Tesouro americanos em meio à guerra comercial?
    Guerra comercial poderia desencadear crise financeira global, avisa financista
    Guerra comercial com os EUA seria mais custosa para o México, diz chanceler
    Tags:
    guerra comercial, taxas, acordos, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar