06:21 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump, discursa na Casa Branca em Washington, EUA, 15 de julho de 2019

    Trump afirma que os negros amam seus comentários sobre Baltimore

    © REUTERS / Kevin Lamarque
    Américas
    URL curta
    639
    Nos siga no

    O presidente Donald Trump defende que uma onda de afro-americanos apoia seus comentários atacando o deputado Elijah Cummings e seu distrito de maioria negra de Baltimore, apesar das pesquisas mostrarem números consistentemente negativos.

    Falando à imprensa ao deixar a Casa Branca nesta terça-feira (30), Trump afirmou que milhares de cartas, e-mails e telefonemas chegaram agradecendo sua decisão de "se envolver" na discussão e expor corrupção.

    "Eles realmente apreciam o que eu estou fazendo e me deixaram saber", disse o presidente republicano. A Casa Branca não forneceu imediatamente qualquer evidência para comprovar a fala de Trump.

    Os comentários de Trump vieram em resposta à reação violenta contra seus comentários anteriores que atacaram Cummings, o presidente do Comitê de Supervisão da Câmara, e chamaram seu distrito de uma "bagunça infestada de ratos e roedores". Trump também está sob ataque por seus contínuos ataques a quatro congressistas democratas negras. O presidente afirmou que elas deveriam "voltar" para seus países, mesmo que três delas tenham nascido nos Estados Unidos e todas elas sejam cidadãs estadunidenses. 

    Trump, todavia, afirma ser "a pessoa menos racista" do mundo, apesar de seus recentes comentários e tweets racistas. E ele disse que "o povo afro-americano ama o trabalho" que ele está fazendo, apesar do fato de que numerosas pesquisas mostraram que os afro-americanos têm uma visão esmagadoramente negativa de sua gestão.

    A aprovação entre os negros americanos oscilou em torno de 10% no decorrer da presidência de Trump, de acordo com o instituto de pesquisas Gallup. A aprovação de Trump entre os negros no mês de junho é de 8%.

    Mais:

    Trump diz não estar incomodado com novos testes balísticos da Coreia do Norte
    Trump diz que não culpa Turquia pela compra dos sistemas russos S-400
    Senado não derruba veto de Trump e EUA continuarão vendendo armas à Arábia Saudita
    Trump indica possível acordo comercial com o Brasil
    Tags:
    Donald Trump, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar