22:51 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira da ONU

    Venezuela pode se dirigir à ONU depois de EUA violarem espaço aéreo do país, diz ministro

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Américas
    URL curta
    3132
    Nos siga no

    As autoridades venezuelanas pretendem se dirigir às Nações Unidas após os EUA violarem o espaço aéreo do país, segundo o ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza.

    "Como declaramos, a administração [do presidente dos EUA, Donald] Trump admite que está violando o espaço aéreo controlado pela Venezuela [...]", afirmou o ministro.

    "Não há dúvida sobre suas más intenções. Vamos à ONU", enfatizou.

    No sábado (27), o Comando Estratégico de Operações das Forças Armadas venezuelanas afirmou que aviões norte-americanos entraram no espaço aéreo da Venezuela.

    Esta foto sem data da Força Aérea dos EUA mostra um avião espião U-2 que deve ser usado pelos EUA na guerra contra o terrorismo.
    © AFP 2019 / US AIR FORCE
    Esta foto sem data da Força Aérea dos EUA mostra um avião espião U-2 que deve ser usado pelos EUA na guerra contra o terrorismo.

    Esta não foi a primeira vez que o espaço aéreo venezuelano teria sido violado por aeronaves norte-americanas. Devido a isso, na última semana, o Ministério da Defesa do país afirmou que os incidentes poderiam ser considerados como uma séria ameaça.

    A Venezuela passa por uma grave crise política desde janeiro, quando Juan Guaidó, com o apoio dos EUA, se proclamou presidente interino, em uma tentativa de tirar o presidente Nicolás Maduro do poder após a reeleição.

    Os EUA e seus aliados, incluindo diversos países da UE, reconheceram a autoproclamação de Guaidó, enquanto a Rússia e a China, bem como outros países, expressaram seu apoio a Maduro como legítimo presidente do país.

    Mais:

    Venezuela deve renovar forças produtivas para país poder se recuperar, afirma Maduro
    Lavrov diz que BRICS apoia negociações em Oslo sobre Venezuela
    Maduro: Venezuela diversifica economia para sair da dependência do petróleo
    Tags:
    violação, golpe, política, crise, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar