22:17 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados norte-americanos no Afeganistão  (foto de arquivo)

    'Não quero matar 10 milhões de pessoas': Trump diz que venceria guerra do Afeganistão em 10 dias

    © AFP 2019 / Johannes Eisele
    Américas
    URL curta
    30825
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está buscando ajuda do Paquistão para tirar os EUA da guerra no Afeganistão, dizendo que ele poderia "vencer" esse conflito em pouco mais de uma semana se quisesse matar milhões de pessoas e varrer o país do mapa.

    "Eu poderia ganhar essa guerra em uma semana", disse Trump nesta segunda-feira, em encontro com o primeiro-ministro paquistanês, Imran Khan, na Casa Branca. "O Afeganistão seria varrido da face da Terra, literalmente, em 10 dias", acrescentou. 

    Apesar da convicção em uma rápida vitória, o chefe de Estado norte-americano afirmou que não gostaria de seguir por esse caminho:

    "Eu não quero matar 10 milhões de pessoas", declarou, explicando que, em vez disso, o Paquistão ajudará o seu governo a sair dessa guerra, iniciada pelas administrações anteriores em Washington. "Estamos lá há 19 anos e atuamos como policiais, não como soldados." 

    ​Khan, por sua vez, afirmou que "esse é o mais próximo que estamos de um acordo de paz", e que espera, nas próximas semanas, que o governo afegão concorde em negociações diretas com o Talibã.

    O enviado de paz dos EUA, Zalmay Khalilzad, tem conversado com representantes do Talibã há meses, chegando a um "acordo de princípio" sobre a retirada das tropas estrangeiras do Afeganistão, mas com muitos problemas ainda não resolvidos.

    Mais:

    Alemanha e Qatar buscam intermediar conversas de paz no Afeganistão
    Trump diz que manterá forças de 'inteligência muito forte' no Afeganistão após saída de tropas
    Ao menos 11 combatentes do Talibã são mortos em operações no Afeganistão
    Comandante de milícia morre em explosão no Afeganistão
    Tags:
    guerra, Talibã, Casa Branca, Imran Khan, Zalmay Khalilzad, Donald Trump, Washington, Paquistão, Afeganistão, EUA, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar