03:54 26 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, gesticula durante o evento de criação da Força Espacial dos EUA.

    Vice-presidente dos EUA diz buscar assegurar 'liberdade religiosa' na Coreia do Norte

    © AP Photo / Evan Vucci
    Américas
    URL curta
    1556

    O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, prometeu nesta quinta-feira (18) que irá pressionar a Coreia do Norte a respeitar a liberdade religiosa, apesar do estreito foco dos EUA na desnuclearização em cúpulas de alto nível.

    Pence fez a promessa durante no Departamento de Estado em evento sobre liberdade religiosa, que acontece semanas depois de o presidente Donald Trump se encontrar com o líder norte-coreano Kim Jong-un pela terceira vez e concordar em iniciar negociações.

    "Você pode estar confiante, enquanto o presidente Trump continua a buscar a desnuclearização da Coreia do Norte e uma paz duradoura, os Estados Unidos continuarão a defender a liberdade religiosa de todas as pessoas de todas as religiões na península coreana", disse Pence, um católico conservador que é popular com a base evangélica de Trump.

    Pence observou que o Portas Abertas, um grupo de defesa de cristãos perseguidos, classificou a Coreia do Norte como o pior país por 18 anos consecutivos.

    Pence também citou o grupo Portas Abertas para dizer que ter uma Bíblia na Coreia é uma "ofensa capital" e que o país busca acabar com os "reacionários cristãos".

    Mais:

    Pentágono reconhece que mísseis da Coreia do Norte podem alcançar território continental dos EUA
    Coreia do Norte reforçará defesa contra caças norte-americanos F-35, diz mídia
    Pompeo diz que EUA e Coreia do Norte precisam de 'criatividade' em negociações
    Exercícios EUA-Coreia do Sul colocam conversas nucleares em risco, diz Pyongyang
    Tags:
    Mike Pence
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar