16:28 04 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    1172
    Nos siga no

    O líder do Cartel de Sinaloa, Joaquín Guzmán, conhecido como "El Chapo", foi condenado à prisão perpétua nesta quarta-feira (17) pela Justiça Federal dos Estados Unidos.

    O juiz Brian Cogan decidiu que, além da prisão perpétua, El Chapo também foi sentenciado a entregar US$ 12,6 bilhões (R$ 47,4 bilhões).

    A expectativa é que ele cumpra a pena na Instalação Máxima Administrativa Penitenciária dos Estados Unidos, no estado do Colorado, conhecida como ADX, a mais restritiva no país.

    El Chapo foi preso em 2016 e extraditado do México para os EUA em 2017, onde ficou isolado em uma prisão solitária por possuir um histórico de fugas de cadeias mexicanas.

    Segundo a agência Reuters, momentos antes de ser anunciada sua sentença, EL Chapo falou que o período em que passou na prisão dos EUA "foi uma tortura mental, emocional e psicológica 24 horas por dia". Ele afirmou ter sido submetido a tratamento "cruel e desumano".

    As provas do processo contra ele foram coletadas desde a década de 80 e mostram que o cartel de Sinaloa contrabandeou drogas para os EUA durante os 25 anos em que Chapo esteve ativo.

    Mais:

    Exército do México mata chefe de segurança da família de 'El Chapo'
    Ex-amante de El Chapo testemunha contra o traficante nos EUA
    Bandido no mundo da moda: 'El Chapo' lança linha de roupas própria na prisão
    Tags:
    Estados Unidos, prisão perpétua, condenado, Joaquin "El Chapo" Guzman, El Chapo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar