12:01 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Donald Trump (File)

    Após S-400, Turquia está proibida de comprar mais F-35s, diz Trump

    © AP Photo / John Locher
    Américas
    URL curta
    13812
    Nos siga no

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse durante uma reunião nesta terça-feira (16) que a Turquia encomendou mais de 100 caças F-35, mas que não receberá a aeronave depois de adquirir os sistemas de defesa aérea russos S-400.

    "A Turquia também encomendou mais de 100 aviões F-35, substancialmente mais de 100 e eles tinham planos de pedir mais, mas por terem um sistema de mísseis feito na Rússia, agora estão proibidos de comprar mais de 100 aviões", disse Trump.

    Trump lembrou que a Turquia tentou encomendar mísseis Patriot feitos nos EUA durante o mandato do governo Obama, mas o pedido de Ancara não foi aprovado na época.

    Além disso, o presidente dos EUA também disse que seu governo decidiu permitir que a Turquia comprasse o sistema Patriot quando descobriu que Ancara havia procurado a Rússia pelos S-400.

    Na sexta-feira (19), o Ministério da Defesa da Turquia anunciou o início das entregas do S-400. Até esta terça-feira (16) chegaram à Turquia 11 aviões com peças dos sistemas S-400.

    Os EUA alegam que os sistemas S-400 são incompatíveis com as armas de defesa aérea da OTAN e podem comprometer as operações do caça F-35.

    Há uma expectativa divulgada na imprensa de que os EUA imponham sanções contra a Turquia por causa da compra dos sistemas russos. Washington já ameaçou remover a Turquia do programa F-35 e anunciou que não vai mais treinar pilotos turcos para operação do jato.

    Mais:

    Erdogan: acordo com Rússia sobre S-400 é 'o mais importante na história da Turquia'
    Erdogan envia 100 especialistas à Rússia para treinamento de operação do S-400
    'Golpe no prestígio dos EUA': por que norte-americanos procuram fraquezas nos sistemas russos S-400?
    'Só resta dizer bravo': reação da mídia turca sobre entrega dos sistemas russos S-400
    Tags:
    OTAN, F-35, Rússia, S-400, Turquia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar