22:38 19 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Alejandro Toledo, expresidente de Perú

    Alejandro Toledo, ex-presidente peruano, é preso nos EUA e será extraditado

    © AFP 2019 / Mandel Ngan
    Américas
    URL curta
    434

    O ex-presidente peruano Alejandro Toledo (2001-2006) foi preso nos Estados Unidos, onde estava foragido do Judiciário de seu país por acusações de corrupção envolvendo a construtora brasileira Odebrecht.

    Toledo será extraditado, segundo o Ministério Público peruano. Ele era procurado há 18 meses sob as acusações de receber US$ 20 milhões em propinas para garantir contratos de obras públicas para a empreiteira brasileira.

    O ex-presidente de 73 anos afirma ser um perseguido político e diz ser inocente. Ele vivia na Califórnia nos últimos anos e foi um estudante visitante da Universidade de Stanford em 2017.

    O Peru enfrenta uma onda de escândalos ligados a Odebrecht, três ex-presidentes foram diretamente implicados. Pedro Pablo Kuczynski está em prisão domiciliar, Alan García cometeu suicídio em abril, quando seria preso, e Ollanta Humala aguarda julgamento em liberdade. 

    A líder do maior partido de oposição, Keiko Fujimori, está presa preventivamente por lavagem de dinheiro.

    Mais:

    Não se combate corrupção com atos corruptos, diz uma das autoras de denúncia contra Lava Jato na ONU
    Por que a Lava Jato teme o Congresso Nacional?
    Peru prende liderança da guerrilha maoísta Sendero Luminoso
    Áudio vazado do procurador da Lava Jato traz à tona brasileiros 'iguais' a Deltan
    Terremoto de magnitude 8,0 sacode norte do Peru e foi sentido no Brasil
    Tags:
    Alejandro Toledo, Peru
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar