20:42 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Boeing 737 Max

    Boeing 737 MAX tem proibição prorrogada por empresa dos EUA

    CC BY 2.0 / Steve Lynes / Boeing 737 Max
    Américas
    URL curta
    350
    Nos siga no

    A American Airlines estendeu a proibição aos voos da Boeing 737 MAX até o início de novembro, informou a empresa em comunicado neste domingo (14).

    "A American Airlines está estendendo os cancelamentos do MAX até o dia 2 de novembro", disse a empresa que acrescentou que "aproximadamente 115 voos por dia serão cancelados até 2 de novembro".

    A decisão vem após a United Airlines anunciar que o Boeing 737 MAX ficará banido até 3 de novembro. A companhia aérea informou que planeja cancelar mais de 8 mil voos de julho a outubro.

    O modelo da Boeing foi banido após dois aviões 737 MAX terem caído em menos de seis meses - o primeiro na Indonésia, em outubro de 2018, e o segundo na Etiópia, em março de 2019.

    As investigações sobre os incidentes mostraram que falhas de um sistema digital da aeronave contribuíram para as colisões. A Boeing afirma que está lidando com essa questão.

    Mais:

    Boeing vai doar 100 milhões de dólares para famílias dos mortos em acidentes do 737 MAX
    Boeing 737 de linha aérea russa pousa em Moscou após declarar emergência rumo a Berlim
    Voo MH370: piloto do Boeing desaparecido estava controlando avião até o fim, afirma mídia
    Tags:
    Estados Unidos, United Airlines, Boeing 737 MAX, American Airlines
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar