10:40 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Presidente venezuelano Nicolás Maduro fala perante apoiadores em Caracas, Venezuela

    EUA querem Maduro fora antes de negociar com a oposição

    © Sputnik / Stringer
    Américas
    URL curta
    10411

    O futuro da Venezuela deve incluir a saída do presidente Nicolás Maduro, disse nesta terça-feira (9) um porta-voz do Departamento de Estado dos EUA à Sputnik.

    Para os Estados Unidos, o início das negociações entre o líder venezuelano e a oposição precisa ter como premissa a saída de Maduro do poder.

    Mais cedo Maduro anunciou que as negociações com a oposição haviam começado na ilha de Barbados, no Caribe.

    "A única coisa que impede o avanço do governo de transição, a suspensão de sanções e a preparação para as eleições é a recusa de Maduro de deixar o governo", disse o porta-voz norte-americano.

    Ele acrescentou que os EUA acreditam que Maduro mostrou que não está disposto ou é incapaz de respeitar processos democráticos por causa de sua "crescente repressão e ataques contra instituições democráticas".

    A Venezuela segue imersa em uma grave crise política desde o final de janeiro, quando o líder da oposição, Juan Guaidó, apoiado por Washington, proclamou-se presidente interino. Maduro acusa Guaidó de ser um fantoche dos EUA em um golpe de Washington que visa o controle sobre os recursos naturais venezuelanos.

    Mais:

    Dividir para reinar: Bolton apela a 'cortar os laços' entre Cuba e Venezuela
    Venezuela ensaia desfile do Dia da Independência – Fotos
    Caracas denuncia na ONU 'agressões múltiplas' dos EUA contra a Venezuela
    Guaidó chama Maduro de 'ditador' em meio a discurso de reconciliação na Venezuela
    Tags:
    Departamento de Estado dos EUA, Juan Guaidó, Nicolás Maduro, EUA, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar