19:30 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Navio USS Arlington da Marinha dos EUA

    Preso por tentar obter sexo com criança, tenente da Marinha dos EUA é indicado para promoção

    © AP Photo / Bebeto Matthews
    Américas
    URL curta
    303

    Apesar de estar atualmente cumprindo pena de 10 anos em prisão federal, um tenente da Marinha dos EUA está na lista de pessoas elegíveis para um cargo superior.

    O tenente Michael Douglas McNeil foi apontado como potencial chefe de departamento para combate de superfície pelo Comando de Pessoal da Marinha americana, mesmo depois de ter sido preso por tentativa de envolvimento sexual com uma criança surda de 12 anos de idade.

    Quando o jornal Military Times indicou aos oficiais da Marinha dos EUA que McNeil estava cumprindo pena em uma prisão do Texas, eles explicaram que as informações sobre sua condenação não haviam sido incluídas em seu arquivo quando o júri escolheu os nomes.

    Isso ocorreu mesmo depois de o tenente americano ter se declarado culpado, em dezembro de 2018, pela acusação de "tentativa de sedução on-line de menor" e ter sido condenado em março deste ano.

    Na terça-feira (25), o comandante norte-americano Krin Burzynski afirmou por e-mail que o oficial condenado "provavelmente" seria removido da lista, quando os "registros de todos os oficiais previamente selecionados" fossem revisados.

    Entenda o caso

    O crime cometido por McNeil foi descoberto quando ele respondeu ao anúncio de um detetive disfarçado descrevendo sua "sobrinha adotiva", sugerindo que eles estavam "procurando diversão familiar" em um fórum on-line.

    Além de enviar suas fotos sexualmente explícitas, McNeil perguntou sobre a experiência sexual da criança, pedindo fotos dela e descrevendo o eventual encontro, com uma criança surda de 12 anos, como "uma fantasia minha".

    Embora a sentença de McNeil não inclua demissão imediata do serviço, ele será obrigado a se registar como agressor sexual e a cumprir cinco anos de liberdade condicional após sua libertação em 2027.

    Mais:

    Navios da Marinha dos EUA são epicentros de assédio sexual
    Criminoso ou vítima? Cientistas revelam segredo da pedofilia
    Escritora acusa Trump de estupro; presidente dos EUA nega
    Tags:
    promoção, pedofilia, crime sexual, Marinha dos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar