10:35 16 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Marcelo Ebrard, canciller mexicano

    Guerra comercial com os EUA seria mais custosa para o México, diz chanceler

    © REUTERS / Carlos Jasso
    Américas
    URL curta
    4 0 0

    O ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, disse que em uma guerra comercial com os EUA, os mexicanos perderiam mais, ao defender perante o Senado o acordo migratório firmado em 7 de junho com Washington para evitar a imposição de tarifas.

    "Se vamos começar uma guerra comercial, a primeira pergunta é: é conveniente para nós? Podemos sustentar uma guerra comercial até ultrapassar 10%, 15% ou mais (de tarifas)?", Explicou Ebrard, expondo o dilema que foi levantado pelo governo de Andrés Manuel López Obrador.

    E o ministro respondeu: "É claro que é óbvio que não nos convém, seria mais caro para o México".

    Na semana passada, Ebrardc chegou a dizer que o país saiu com a "dignidade intacta" do diálogo que suspendeu o plano dos EUA de aplicar sanções contra produtos mexicanos.

    O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, disse que, como um admirador de Gandhi, Martin Luther King e Nelson Mandela, ele se opõe à retaliação, mas estava preparado para impor tarifas aos EUA.

    Mais:

    México nega declaração de Trump sobre concessões secretas em acordo
    Trump mostra por acaso acordo 'secreto' entre EUA e México (FOTOS)
    Crocodilo é surpreendido por 'fãs' e bloqueia rua no México
    Tags:
    Estados Unidos, México
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar