23:21 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Presidente Donald Trump na igreja McLean Bible Church no estado norte-americano de Virgínia, 2 de junho de 2019

    Em meio a batalha comercial com Pequim, Trump recebe CEO da Apple

    © AP Photo / Jacquelyn Martin
    Américas
    URL curta
    110

    O presidente dos Estados Unidos,Donald Trump, se reuniu com o CEO da Apple, Tim Cook, nesta quinta-feira (13) para discutir questões como a guerra comercial de Washington contra a China.

    A reunião de Trump com Cook foi divulgada pela sua filha e conselheira Ivanka Trump durante um evento que Trump manteve com governadores.

    Cook é uma presença frequente na Casa Branca e trabalhou com Ivanka Trump em suas iniciativas de treinamento e educação. O presidente indica frequentemente Cook como um líder empresarial que trouxe empregos e investimentos de volta aos Estados Unidos.

    Trump conversou com Cook sobre "comércio, investimento nos EUA, imigração e privacidade", disse o porta-voz da Casa Branca, Judd Deere. Um porta-voz da Apple não pode ser imediatamente contatado para comentar o assunto.

    A reunião acontece no momento em que Trump avalia se deve executar seu plano de impor tarifas contra produtos chineses. Ele disse que tomará uma decisão em algum momento após a cúpula do G20 em Osaka, Japão, no final de junho, quando espera se encontrar com o presidente chinês, Xi Jinping.

    Trump está usando tarifas para forçar Xi a mudar uma série de práticas comerciais chinesas, mas as negociações estão congeladas. Os fabricantes de produtos eletrônicos de consumo, como telefones e tablets, escaparam do peso das tarifas até agora, mas provavelmente serão afetadas por uma nova rodada de medidas.

    Mais:

    Pequim continua aumentando reservas de ouro em resposta às tarifas de Trump
    México nega declaração de Trump sobre concessões secretas em acordo
    Trump ordena Departamento de Defesa a expandir produção de drones
    Trump mostra por acaso acordo 'secreto' entre EUA e México (FOTOS)
    Trump afirma que Irã agora 'respeita os EUA' exatamente por causa da política dele
    Tags:
    Tim Cook, Donald Trump, Apple
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar