06:27 24 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira de Cuba

    Cuba reitera apoio à Venezuela, apesar das sanções dos EUA

    © AP Photo / Ramon Espinosa
    Américas
    URL curta
    14120
    Nos siga no

    O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel, reiterou neste sábado a necessidade de manter a unidade entre Cuba e Venezuela para enfrentar as "ameaças, sanções injustas e bloqueio" dos EUA.

    "Unidos e com dignidade enfrentaremos e venceremos as ameaças, as sanções injustas e o bloqueio", escreveu o presidente cubano em sua conta no Twitter.

    Na sexta-feira, Diaz-Canel recebeu em Havana o presidente da Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela, Diosdado Cabello, em uma reunião que contou com a presença do general Raúl Castro, primeiro-secretário do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba, e José Ramon Machado Ventura, segundo secretário dessa organização política.

    Cabelo visitou Havana nos dias 6 e 7 de junho, no âmbito dos preparativos do XXV Encontro do Fórum de São Paulo, a ser realizado em Caracas entre 25 e 28 de julho.

    Cabello também se reuniu com o presidente da Assembléia Nacional do Poder Popular (parlamento cubano), Esteban Lazo.

    O político venezuelano disse à Sputnik Mundo que o Fórum de São Paulo será "uma das maneiras da verdade vir à luz, quando as pessoas nos visitarão, verão o que está acontecendo e darão seus testemunhos".

    "Qualquer informação que diga a verdade sobre a Venezuela é fundamental agora, porque a verdade, quando usada corretamente, é um instrumento muito preciso", disse Cabello à Sputnik em Havana antes de embarcar ao seu país.

    Mais:

    Historiador revela mecanismo comum da pressão norte-americana contra Venezuela e Cuba
    Venezuela é laboratório dos EUA antes de 'ataques' contra Cuba e Nicarágua, diz oficial russo
    Mídia: Venezuela aumenta abruptamente fornecimento de petróleo a Cuba
    Tags:
    Venezuela, Cuba, Diosdado Cabello
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar