00:19 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Logótipo da empresa venezuelana PDVSA

    Ministro revela quando petrolífera estatal venezuelana abrirá escritório em Moscou

    © REUTERS / Carlos Jasso
    Américas
    URL curta
    371

    A petrolífera estatal venezuelana PDVSA abrirá um escritório em Moscou em junho e está se dedicando à transferência de funcionários, declarou o ministro do Petróleo e presidente da PDVSA, Manuel Quevedo.

    "Neste mês. Já fizemos tudo em maio, agora estamos transferindo funcionários", afirmou o ministro a repórteres, que perguntaram quando será aberto o escritório na Rússia, às margens do Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo.

    O ministro venezuelano das Relações Exteriores, Jorge Arreaza, disse que Caracas e Moscou estão trabalhando nos detalhes da transferência do escritório da PDVSA de Lisboa para Moscou.

    Os EUA aplicaram sanções contra a PDVSA, bloqueando bilhões de dólares da empresa e o acesso de Caracas à conta onde o dinheiro, proveniente da venda do petróleo, está depositado. Como condição para a anulação das sanções, as autoridades dos EUA exigem a entrega de poder a Juan Guaidó, que se declarou presidente interino do país caribenho.

    O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, ordenou o fechamento do escritório da PDVSA em Lisboa e a sua transferência para Moscou. Caracas justificou a transferência pela Europa ser incapaz de garantir a segurança dos ativos venezuelanos. Anteriormente, o Banco da Inglaterra se recusou a devolver o ouro da Venezuela, que foi anteriormente depositado.

    Mais:

    Banco Central da Venezuela: taxa de inflação no país atinge 130.000% em 2018
    Desinformação é exposta sobre 'diminuição' de conselheiros militares russos na Venezuela
    Mídia: Venezuela aumenta abruptamente fornecimento de petróleo a Cuba
    Tags:
    escritório, Moscou, Rússia, Venezuela, PDVSA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar