16:11 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente norte-americano Donald Trump e o presidente do Conselho Europeu Donald Tusk estão se sentando antes da reunião na sede da União Europeia em Bruxelas, maio 25, 2017.

    EUA ameaçam UE com sanções devido ao mecanismo de comércio com o Irã

    © REUTERS / Jonathan Ernst
    Américas
    URL curta
    7111
    Nos siga no

    O governo de Donald Trump proibirá o Instrumento de Apoio às Trocas Comerciais (INSTEX) do sistema financeiro dos Estados Unidos, caso entre em vigor, informou a Bloomberg, citando um documento escrito pelo subsecretário do Departamento do Tesouro dos EUA.

    "A administração Trump intensificou sua batalha com os aliados europeus sobre o destino do acordo nuclear do Irã, ameaçando penalidades contra o órgão financeiro criado pela Alemanha, Reino Unido e França para proteger o comércio com a República Islâmica das sanções dos EUA", escreveu a Bloomberg News.

    Nem a administração presidencial dos EUA nem a União Europeia (UE) comentaram a questão até agora.

    O INSTEX é um mecanismo da UE para transações bilaterais com o Irã contornando as sanções dos EUA, reimpostas com a saída unilateral de Washington do Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA), o acordo nuclear iraniano.

    As sanções dos EUA contra o Irã visam principalmente a indústria petrolífera do país e visam reduzir as exportações de petróleo do Irã a zero.

    China, França, Alemanha, Irã, Rússia, Reino Unido e a UE criticaram Washington por sua retirada unilateral do acordo e pela decisão de não estender renúncias a projetos de não-proliferação nuclear.

    Comentando o movimento dos EUA, os signatários do acordo enfatizaram que o levantamento das sanções relacionadas com o acordo nuclear era uma parte essencial do JCPOA.

    Mais cedo, o ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, disse que Teerã tomaria medidas em relação ao acordo nuclear se a UE não conseguir ajudar o Irã a combater as sanções dos EUA.

    Mais:

    Juncker revela quais países impedem a aguardada reforma da União Europeia
    Salvini diz que prefere Rússia do que Turquia na União Europeia
    União Europeia ignora recomendação dos EUA de banir Huawei de redes 5G
    União Europeia adiciona 10 países à lista negra de fraudadores de impostos
    Tags:
    sanções econômicas, Instrumento de Apoio ao Comércio Exterior (INSTEX), Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA), União Europeia, Bloomberg, Mohammad Javad Zarif, Donald Trump, Washington, Teerã, União Europeia, Estados Unidos, Rússia, Irã, Alemanha, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar