02:33 25 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Bandeiras da Venezuela e dos EUA

    EUA incluem Venezuela na lista de países que geram receios para segurança nacional

    © AFP 2019 / Don Emmert
    Américas
    URL curta
    906

    Um novo documento publicado no jornal oficial do Governo dos EUA (Registro Federal) diz que Washington adicionou Caracas à lista de países que representam preocupações de segurança nacional para as suas exportações devido à presença de militares estrangeiros no país latino-americano.

    "Nesta regra final, o Escritório de Indústria e Segurança (BIS) altera os Regulamentos da Administração de Exportações (EAR) para retirar a Venezuela do Grupo B, que concede tratamento favorável a certas exportações de produtos controlados pela Segurança Nacional, e transfere a Venezuela para o Grupo D:1, que agrupa países que geram preocupações para a segurança nacional", cita o relatório divulgado em 22 de maio.

    O texto explica que o motivo da mudança de grupo se deve à "introdução de pessoal e equipamentos militares estrangeiros na Venezuela".

    "As mudanças nesta regra final também harmonizam melhor as designações de Grupos de Países quanto à Venezuela com outras disposições da EAR relacionadas à segurança nacional que já se aplicam à Venezuela", acrescenta a declaração.

    O documento também especifica que Washington acrescentou Caracas à lista de países que geram preocupações quanto a “armas nucleares, químicas, biológicas e tecnologia de mísseis".

    Em meio à atual tensão política no governo bolivariano, a Venezuela acusa os EUA de estimularem e apoiarem as tentativas de golpe de Estado, que vêm aumentando desde janeiro, principalmente após à autoproclamação a presidente interino do líder da oposição Juan Guaidó, que ganhou suporte de mais de 50 países.

    Mais:

    Comitê do Senado dos EUA aprova US$400 mi em ajuda humanitária à Venezuela
    Banco Central da Venezuela desmente renúncia a Visa, Mastercard e Maestro
    EUA importam petróleo da Venezuela pela primeira vez nas últimas semanas
    Tags:
    exportações, EUA, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar