21:49 23 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Notas

    Venezuela pretende promover utilização do rublo nas transações com Rússia

    © Sputnik / Vladimir Trefilov
    Américas
    URL curta
    4191

    O embaixador da Venezuela na representação da ONU em Genebra, Jorge Valero, afirmou à Sputnik que, neste momento, estão sendo realizadas conversações com a Rússia sobre a utilização do rublo nas transações bilaterais.

    "Sim, agora tentamos realizar nossas operações [financeiras] por meio de outra moeda, incluindo a criptomoeda 'petro', que nós criamos", informa Valero.

    Valero sublinhou que está em curso um diálogo com Moscou sobre a questão de passagem para a utilização da moeda russa, o rublo.

    O petro foi lançada no dia 20 de fevereiro. A Venezuela foi o primeiro país com a sua própria criptomoeda, que é sustentada por reservas de petróleo. No início, Maduro fixou o valor de 1 petro por 1 barril de petróleo venezuelano, ou 60 dólares, o que agora equivale a 9.000 bolívares segundo a cotação oficial.

    De acordo com o embaixador, as sanções introduzidas pelos EUA contra a Venezuela e o bloqueio das contas bancárias venezuelanas em dólares influenciaram negativamente a economia do país. Agora Caracas tem problemas no acesso ao financiamento internacional, investimentos no setor do petróleo e na reestruturação de sua dívida exterior.

    Em 28 de Janeiro Washington anunciou a introdução de mais sanções, desta vez contra a companhia nacional de petróleo e gás PDVSA.

    Mais:

    Rússia sobre parceria com Venezuela: pouco provável assinatura de novos contratos militares
    Embaixador venezuelano explica por que Caracas passou a comprar caças russos
    Tags:
    crise na venezuela, rublo, Rússia, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar