03:40 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Boeing 737 MAX

    Boeing atualiza software para aviões 737 MAX envolvidos na morte de 346 pessoas

    © AFP 2019 / Jason Redmond
    Américas
    URL curta
    2 0 0
    Nos siga no

    Companhia Boeing finalizou a atualização do software de controle de voo MCAS (Sistema de Aumento de Características de Manobra) para a família de aviões comerciais 737 MAX, que em menos de cinco meses foram responsáveis pela morte de 346 pessoas em dois voos.

    Segundo a fabricante Boing, mais de 207 voos foram realizados com a atualização do MCAS, somando 360 horas no ar.

    Boeing destaca que entregará dados suplementares à Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA, na sigla em inglês) sobre como os pilotos interagem com os controles e dados exibidos pelo avião em diferentes cenários de voo. Depois serão realizadas convenções sobre o primeiro voo com o software atualizado.

    Em março, um Boeing MAX 8 da companhia Ethiopian Airlines com 157 a bordo caiu perto da cidade etíope de Bishoftu, já, em outubro de 2018, um avião do mesmo tipo da linha aérea indonésia Lion Air caiu e matou 189 pessoas.

    A sequência de catástrofes fez com que 20 países fechassem zona aérea para voos destes aviões e várias companhias parassem de usar aviões Boeing Max 8.

    Mais:

    Tragédia do Boeing 737 Max: 'para economizar, causaram mais mortes', diz especialista
    Boeing teria ocultado problemas do 737 MAX por um ano, aponta relatório
    Tags:
    Lion Air Group, Ethiopian Airlines, Boeing 737
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar