14:27 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    12351
    Nos siga no

    O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, conversou com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, na Finlândia nesta segunda-feira, alertando que uma intervenção militar dos EUA na Venezuela seria catastrófica e injustificada.

    "Somos contra as hostilidades em qualquer lugar em violação do direito internacional, o uso da força só pode ser autorizado pelo Conselho de Segurança da ONU, ou a força pode ser usada em resposta à agressão contra um estado soberano. Nada do tipo é observado na Venezuela em quaisquer variantes", afirmou Lavrov.

    Os dois homens se encontraram à margem de uma reunião do Conselho do Ártico, que acontece em Rovaniemi, na Finlândia.

    Lavrov declarou a repórteres que sua reunião foi construtiva e que os dois principais diplomatas fizeram um progresso decente quando discutiram a estabilidade nuclear estratégica.

    Lavrov também disse ter certeza de que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente dos EUA, Donald Trump, terão outra chance de se encontrar após a cúpula em Helsinque, no ano passado.

    "Acho que fizemos um bom passo em frente na conversa por telefone entre o presidente Putin e Trump há alguns dias. Nossos presidentes concordaram em se reunir quando houver tal oportunidade. Tenho certeza de que haverá essa oportunidade. O Kremlin vai informá-lo sobre isso", acrescentou Lavrov.

    Mais:

    Senador russo: intervenção militar dos EUA na Venezuela será considerada 'agressão'
    Chanceler russo: tentativas de derrubar governo da Venezuela podem provocar catástrofe
    Guaidó considera pedir aos EUA para intervirem na Venezuela
    Tags:
    intervenção estrangeira, crise na venezuela, relações bilaterais, diplomacia, Vladimir Putin, Donald Trump, Mike Pompeo, Sergei Lavrov, Finlândia, Venezuela, Estados Unidos, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar