15:45 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    A deputada americana Ilhan Omar (D-MN) discursa durante um evento do lado de fora do Capitólio dos EUA em 30 de abril de 2019, em Washington, DC

    Congressista americana culpa sanções dos EUA por 'devastação' na Venezuela

    © AFP 2019/ WIN MCNAMEE / GETTY IMAGES NORTH AMERICA
    Américas
    URL curta
    11221

    A deputada norte-americana Ilhan Omar, do Partido Democrata, responsabilizou em parte as sanções impostas pelos Estados Unidos à Venezuela pela situação de caos instalada no país sul-americano.

    Em entrevista ao Democracy Now!, Omar, que representa os eleitores do estado do Minnesota, afirmou que tais medidas, além de prejudicar os venezuelanos, também não atendem aos interesses dos EUA. 

    "Ilhan Omar fala contra as sanções dos EUA e apoio bipartidário para a mudança de regime na Venezuela."

    ​"Muitas das políticas que implementamos meio que ajudaram a levar a Venezuela à devastação", disse ela.

    De acordo com a congressista, os norte-americanos prepararam o cenário ao qual "estamos chegando hoje", que, para ela, não traz benefícios a ninguém.

    "Esse bullying em particular e o uso de sanções para eventualmente intervir e fazer mudanças de regime realmente não ajudam as pessoas de países como a Venezuela, e certamente não ajudam e não são do interesse dos Estados Unidos."

    Mais:

    Moscou condena sanções dos EUA contra ministro das Relações Exteriores da Venezuela
    EUA impõem sanções ao chanceler venezuelano, Jorge Arreaza
    Relatório estima que sanções dos EUA contra Venezuela tenham causado mais de 40 mil mortos
    Putin: 'Sanções unilaterais exigem reação efetiva da comunidade internacional'
    Tags:
    sanções, Democracy Now, Câmara dos Representantes, Partido Democrata, Ilhan Omar, eua, Minnesota, América, Venezuela, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar