19:58 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Assembleia Nacional de Oposição Juan Guaidó

    Espanha afirma que 'não respalda nenhum golpe militar' na Venezuela

    © AP Photo / Fernando Llano
    Américas
    URL curta
    13114
    Nos siga no

    O governo espanhol afirmou nesta terça-feira (30) que não endossa qualquer golpe militar na Venezuela e apela a uma solução pacífica para o país.

    "A Espanha não endossa nenhum golpe militar", disse a porta-voz do governo, Isabel Celaá, em coletiva de imprensa. Ela também afirmou que a "a solução para a Venezuela tem que vir de um movimento pacífico e eleições" e não de "um golpe militar".

    Celaá então foi questionada por jornalistas se a decisão da Espanha de reconhecer o autoproclamado presidente venezuelano Juan Guaidó foi acertada. A porta-voz defendeu a medida:

    "É o presidente que representa o povo, pensamos que está legitimado para levar a cabo a transformação da Venezuela. Nenhuma dúvida", disse Celaá. Ela, todavia, ressaltou que o processo político venezuelano "tem que ser democrático". 

    Guaidó publicou um vídeo nas redes sociais nesta terça ao lado de Leopoldo López, líder opositor que estava preso pelas forças do presidente Nicolás Maduro. 

    Na publicação, Guaidó pede apoio da população para "restaurar a liberdade" e é acompanhado por um grupo de cerca de 30 militares.

    As imagens foram gravadas na base militar Francisco Miranda, também conhecida como La Carlota, situada no leste de Caracas.

    Mais:

    É relatado tiroteio perto de base na Venezuela; embaixada diz que situação está tranquila
    Venezuela transfere US$ 337 milhões para bancos da Rússia
    O que fez Venezuela reduzir despesas militares em 71%?
    Venezuela está livre do 'Ministério das Colônias dos EUA', diz Maduro sobre saída da OEA
    Tags:
    Espanha, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar