15:29 21 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Guantánamo

    Pentágono demite comandante de Guantánamo por perda de confiança

    © AFP 2019 / MLADEN ANTONOV
    Américas
    URL curta
    405
    Nos siga no

    O comandante da Força-Tarefa Conjunta de Guantánamo, almirante da Marinha dos Estados Unidos, John Ring, foi dispensado do serviço, informou o Departamento de Defesa.

    A demissão do Ring ocorre "devido a uma perda de confiança em sua capacidade de comando", informou o órgão em um comunicado citado pela CNN.

    O general John Hussey, que serviu como vice de Ring, foi nomeado comandante interino de Guantánamo, acrescentou a emissora.

    "Essa mudança na liderança não interromperá a atenção e custódia seguras, humanas e legais fornecidas à população carcerária", disse o Pentágono.

    Falando à CNN, o coronel Amanda Azubuike, porta-voz do Comando Sul, ao qual pertence a Força-Tarefa Conjunta de Guantánamo, explicou que John Ring foi destituído de seu cargo depois que uma investigação foi aberta em março.

    Em 2002, após os ataques de 11 de setembro de 2001, os Estados Unidos inauguraram uma prisão para suspeitos de terrorismo em sua base naval em Guantánamo.

    A base, que já abrigou 780 presos, atualmente conta com 41 detentos.

    Mais:

    Pentágono: detento de Guantánamo será transferido para Arábia Saudita
    'Legal, seguro e humano': Trump derruba decreto de Obama e mantém Guantánamo aberta
    Trump ameaça segurança nacional dos EUA mantendo Guantánamo, diz militar norte-americano
    Detento de Guantánamo sentenciado a 13 anos de prisão por terrorismo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar