01:59 22 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Andrés Manuel López Obrador, presidente de México

    AMLO responde Trump: 'não vamos cair em nenhuma provocação'

    © AP Photo / Marco Ugarte
    Américas
    URL curta
    270

    O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, conhecido como AMLO, disse nesta quarta-feira estar a par das queixas do presidente dos EUA, Donald Trump, e prometeu analisar a situação na fronteira entre os dois países.

    Nesta quarta-feira, Donald Trump afirmou em sua conta no Twitter que tropas mexicanas ameaçaram com armas os membros da Guarda Nacional norte-americana. Por esse motivo, o presidente norte-americano afirmou que pretende enviar "soldados armados" para a fronteira com o México.

    "Vamos analisar esse incidente, vamos levar em conta o que ele (Trump) está indicando, e vamos agir de acordo com a lei, dentro da estrutura da nossa soberania, mas o mais importante é dizer que não vamos lutar com o governo dos Estados Unidos ", disse López Obrador durante uma entrevista coletiva, ao comentar as declarações do seu colega dos Estados Unidos.

    "Não vamos cair em nenhuma provocação. Digo ao presidente Donald Trump que queremos manter um relacionamento respeitoso e amigável com seu governo", acrescentou AMLO.

    Segundo o presidente do México, o mais importante é manter "uma relação de respeito mútuo e de cooperação para o desenvolvimento".

    "Assim como temos feito por vários meses, vamos continuar a agir para manter relações cordiais e positivas com o Governo e o povo dos Estados Unidos", destacou o chefe de Estado.

    O governo de Donald Trump está realizando uma campanha de combate à imigração ilegal do território mexicano, e tem ameaçado fechar a fronteira sul ou impor tarifas sobre carros mexicanos importados para o país.

    Uma das principais promessas eleitorais de Trump foi a construção de um muro na fronteira com o México.

    Mais:

    EUA detêm mais de 100 mil imigrantes na fronteira com México em um mês
    'Bom vizinho': México diz que não quer confrontação com EUA por muro na fronteira
    Trump promete fechar fronteira se México não combater imigração ilegal
    Brasil e México assinam acordo de livre comércio para veículos leves
    Migração ilegal na fronteira EUA-México não representa ameaça militar, diz general
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar