10:31 23 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Trem (imagem referencial)

    'Pare, tem alguém preso': mulher prende mão e é arrastada para baixo do trem (VÍDEO)

    © AP Photo / Bebeto Mateus
    Américas
    URL curta
    0 10
    Nos siga no

    O vídeo mostra o momento aterrorizante que essa mulher passou depois de ficar com a mão presa nas portas de vagão do trem de uma estação em São Francisco, nos EUA.

    A mulher, que não foi identificada, tenta acompanhar o veículo enquanto este inicia o movimento. Rapidamente ela cai no estreito espaço entre o trem e a plataforma e fica gravemente ferida, comunicou The Sun.

    "Ouvi gritos atrás de mim e não sabia o que estava acontecendo, mas houve uma comoção e fiquei assustado honestamente", disse à emissora local ABC7 News, Will Hayworth, uma das testemunhas que viu as cenas de horror na estação Embarcadero.

    "As pessoas gritavam 'pare!' e outras pessoas estavam até mesmo batendo no trem, gritando 'pare, pare, tem alguém preso'", complementou.

    A testemunha informou que, de início, a mulher conseguiu correr e acompanhar o ritmo do vagão, mas foi violentamente arrastada porque o "maquinista não tinha ideia do que estava acontecendo".

    Um funcionário da estação com um colete amarelo chegou a gesticular para a vítima, pedindo para que ela se afastasse, pois não havia percebido que ela estava presa.

    O Corpo de Bombeiros de São Francisco disse que a mulher foi levada ao hospital em "estado grave". Segundo disse Hayworth ao jornal Examiner, a mulher sofreu um "corte gigante" na testa.

    A Comissão de Serviços Públicos da Califórnia afirmou que iria investigar o sistema de travas das portas e do trem.

    Mais:

    Pelo menos 6 pessoas morrem e 24 ficam feridas em acidente de trem na Índia (FOTOS)
    Descarrilamento de trem de metrô na França deixa ao menos 10 feridos
    Morre maquinista que ficou 7 horas preso nas ferragens de trem no Rio
    Tags:
    trem, mulher
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar