04:05 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Alan García, ex-presidente peruano

    Ex-presidente peruano Alan García tenta suicídio antes de ser preso por caso Odebrecht

    © AFP 2019 / Cris Bouroncle
    Américas
    URL curta
    131
    Nos siga no

    O ex-líder peruano, Alan García, que governou o país de 1985 a 1990 e de 2006 a 2011, foi internado depois de disparar contra si mesmo, quando policiais chegaram a casa dele para cumprir mandado de prisão, comunica mídia local.

    Nesta quarta-feira (17), o Poder Judiciário do Peru ordenou prisão preliminar contra García por supostos crimes de corrupção em relação ao caso da empreiteira brasileira Odebrecht. 

    O Ministério da Saúde peruano comunicou que o estado de saúde do ex-presidente é delicado, detalhando que García teve "diagnóstico de disparo de bala, com entrada e saída da cabeça".

    Pela manhã, agentes da Divisão de Investigação de Alta Complexidade (Divac) peruana buscaram o ex-presidente na casa dele para prendê-lo, mas encontraram García ferido, e organizaram internação dele em hospital, segundo a emissora de rádio RPP.

    A decisão da Justiça peruana havia respondido ao pedido da equipe fiscal que investiga o caso de García pelas supostas contribuições da empreiteira à campanha presidencial de 2006 dele, bem com pela concessão de obra do Metrô de Lima.

    Mais:

    Política peruana Keiko Fujimori será interrogada sobre suposta propina da Odebrecht
    Odebrecht e Ministério Público do Peru assinam acordo de cooperação histórico
    Procurador-Geral do Peru renuncia em meio a escândalo da Odebrecht
    Tags:
    corrupção, prisão, suicídio, Odebrecht, Alan García, Peru
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar