11:48 16 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro, presidente da Venezuela (foto de arquivo)

    Maduro exige que Portugal desbloqueie fundos da Venezuela no valor de US$ 1,7 bilhão

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Américas
    URL curta
    1171

    O presidente venezuelano Nicolás Maduro exigiu que o governo de Portugal desbloqueie mias de 1,7 bilhão de dólares que o país europeu mantém retidos e que são destinados para comprar medicamentos e alimentos.

    "Em um banco em Portugal nos sequestraram, de onde pagámos medicamentos e alimentos, nos sequestraram 1,726 bilhão de dólares […] Peço ao Governo de Portugal que desbloqueie os recursos. Por que nos tiram esse dinheiro? É o nosso!", declarou Maduro em uma transmissão na rádio e televisão.

    O presidente também apelou ao presidente dos EUA Donald Trump e à chefe de política externa da UE, Federica Mogherini para libertarem dinheiro bloqueado no âmbito das sanções econômicas impostas contra Caracas.

    Em 16 de abril na Venezuela começou a distribuição da ajuda humanitária da Cruz Vermelha Internacional, equiparada pela organização da entrega de ajuda humanitária na Síria da Síria.

    "Chegamos a um acordo e eu disse sim por bem, tudo de bom, tudo constitucional, por nada coisas ruins, nada ilegal, assinamos um acordo e a Cruz Vermelha enviou hoje o primeiro lote de ajuda, legalmente", disse Maduro.

    O presidente lembrou que existem acordos com a China, Rússia, Bielorrússia, Irã e Índia, e que toneladas de ajuda necessária para o país cchegam à Venezuela cada semana.

    Mais:

    EUA consideram injetar dólares na Venezuela se regime de Maduro cair
    Maduro propõe criar 'brigadas de defensores da paz' na Venezuela
    Tags:
    Federica Mogherini, Donald Trump, Nicolás Maduro, EUA, Venezuela, Portugal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar