02:10 22 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Pessoas com bandeiras e cartazes do Partido Comunista dos Povos da Espanha (PCPE) saíram às ruas de Madri para expressar apoio ao presidente legítimo da Venezuela, Nicolás Maduro

    'EUA fazem tudo para minar economia da Venezuela', declara deputado russo

    © Sputnik / Alejandro Martinez Velez
    Américas
    URL curta
    12113

    Segundo o presidente da Duma de Estado (câmara baixa do Parlamento russo), Vyacheslav Volodin, Washington fez tudo para minar a economia venezuelana.

    O deputado russo comentou a situação econômica na Venezuela durante a 140ª Assembleia da União Interparlamentar, realizada em Doha (Qatar) entre 5 e 10 de abril.

    "Os EUA fizeram tudo para minar a economia da Venezuela: foram bloqueados nas contas e de facto roubados 30 bilhões de dólares pertencentes ao povo desse país; foram introduzidas sanções comerciais e são realizados ciberataques contra a infraestrutura vital", disse Volodin. 

    A administração Trump disse em janeiro que algumas contas estatais venezuelanas, nomeadamente as da empresa petrolífera PDVSA, foram congeladas e poderiam ser transferidas para Juan Guaidó, o líder da oposição apoiado pelos EUA que se declarou presidente interino dois meses atrás.

    Em 21 de janeiro, na Venezuela tiveram início protestos em massa contra o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, logo depois de ele assumir o segundo mandato presidencial.

    Em 23 de janeiro, o líder da oposição do país, Juan Guaidó, se autoproclamou presidente interino, tendo sido apoiado pelo Brasil, EUA e vários outros países. Maduro recebeu o apoio de tais países como a Rússia, México, China, Turquia, Indonésia e outros.

    Mais:

    Chanceler brasileiro diz que russos devem deixar Venezuela se forem apoiar Maduro
    Maduro acusa EUA e Guaidó de arquitetar seu assassinato
    Tags:
    economia, Vyacheslav Volodin, Nicolás Maduro, EUA, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar