02:00 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Casa destruída por bombardeio no Iêmen.

    Câmara dos EUA aprova resolução exigindo remoção de militares do Iêmen

    © Sputnik / Stringer
    Américas
    URL curta
    352
    Nos siga no

    Por 247 votos a 176, incluindo 16 votos republicanos, invocou a raramente usada Lei dos Poderes de Guerra para restringir o poder executivo do presidente de promover a guerra sem a aprovação do Congresso.

    A Câmara dos EUA votou pelo fim do envolvimento de Washington na guerra do Iêmen, estabelecendo o segundo veto da presidência de Donald Trump, informou a Reuters.

    "O presidente terá que encarar a realidade de que o Congresso não vai mais ignorar suas obrigações constitucionais quando se trata de política externa, quando se trata de determinar quando e onde nossas forças armadas estão engajadas em hostilidades", disse o deputado Eliot L. Engel, presidente do Comitê de Relações Exteriores da Câmara.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, emitiu o primeiro veto de sua administração em 15 de março, bloqueando uma resolução que o impediria de financiar seu muro de fronteira sem a aprovação do Congresso.

    A guerra está em seu quinto ano, com milhares de pessoas mortas e outras milhões à beira da inanição. A ONU chamou a situação no Iêmen de pior crise humanitária do mundo.

    Tags:
    Comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados dos EUA, Câmara dos EUA, Congresso dos EUA, Eliot L. Engel, Donald Trump, Estados Unidos, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar