03:39 20 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Opositor venezolano, Juan Guaidó

    'Terá que pagar pela traição à pátria': Venezuela inicia processo penal contra Guaidó

    © Sputnik /
    Américas
    URL curta
    21293

    A justiça venezuelana iniciou um processo penal contra o autoproclamado presidente interino da Venezuela, o líder da oposição Juan Guaidó, segundo anunciou o chefe do Comitê de Legislação da Assembleia Constituinte, Julio García Serpa.

    De acordo com ele, o processo será conduzido pelo Supremo Tribunal e pelo procurador-geral.

    Na terça-feira (2), a Assembleia Constituinte aprovou a continuidade do processo de investigação contra Guaidó. Na quarta-feira (3), o presidente da Assembleia, Diosdado Cabello explicou que isso significa retirar a imunidade parlamentar do líder da oposição.

    "Tudo é realizado no âmbito da Constituição e da lei", assegurou Diosdado Cabello.

    "A justiça decidirá com base em evidências relevantes. Ele terá terá um advogado de defesa. A justiça será aplicada", indicou García Serpa.

    "Ele terá que pagar por tudo o que fez. Ele terá que pagar pela traição à pátria", declarou.

    Anteriormente, o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) da Venezuela convocou a Assembleia Constituinte para suspender a imunidade parlamentar do autoproclamado presidente interino venezuelano, Juan Guaidó.

    Em janeiro, Guaidó se declarou presidente interino da Venezuela após contestar a vitória eleitoral de Maduro. Os EUA e 54 países reconheceram Guaidó como presidente e pediram a Maduro que se demitisse. Maduro, por sua vez, chamou Guaidó de marionete americana e acusou os EUA de tentarem orquestrar um golpe. A Rússia, China, Turquia, Cuba, Bolívia e vários outros países consideram Maduro como o único presidente legítimo da Venezuela.

    Mais:

    Ativista dos EUA suspeita que ninguém apareça nas ações de apoio a Guaidó na Venezuela
    Autoridades resolvem inabilitar Guaidó por 15 anos
    Especialista: algo deu errado no plano dos EUA e Guaidó de mudar o poder na Venezuela
    Tags:
    oposição, presidente interino, julgamento, imunidade parlamentar, processo criminal, Supremo Tribunal, Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela, Diosdado Cabello, Juan Guaidó, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar