22:07 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Extração de petróleo na Venezuela (arquivo)

    EUA agradece Índia por cortes na compra de petróleo venezuelano

    © REUTERS / Isaac Urrutia
    Américas
    URL curta
    13125
    Nos siga no

    O Representante Especial dos EUA para a Venezuela, Elliott Abrams, elogiou a Índia por sua colaboração em termos de aumentar os esforços de Washington para restringir as exportações de petróleo venezuelano ao mercado global de energia.

    "Eu diria que tivemos contatos com empresas indianas e com o governo da Índia, e que descobrimos que existe uma quantidade considerável de cooperação, que estamos muito felizes em ver", disse Abrams.

    A declaração vem depois de várias empresas indianas decidirem suspender as importações de petróleo da Venezuela, temendo as ameaças de sanções de Washington às refinarias internacionais de petróleo que insistissem na parceria com Caracas.

    A Reuters citou fontes anônimas dizendo que os EUA estão particularmente interessados ​​em cortar o suprimento de gasolina e derivados utilizados para diluir o pesado petróleo venezuelano e torná-lo adequado para exportação.

    Anteriormente, Washington introduziu sanções contra a petrolífera estatal venezuelana PDVSA, bloqueando US$ 7 bilhões dos ativos da empresa e pressionando as empresas a cortar os laços com a empresa até 11 de março. O prazo, no entanto, foi prorrogado até 10 de maio.

    Devido às sanções impostas pelos EUA, as exportações totais da Venezuela de petróleo e combustível caíram para 920.000 barris por dia no primeiro mês de sanções, cerca de 30% menos que os 1,5 milhão de barris negociados nos três meses anteriores.

    Tags:
    PDVSA, Washington, Índia, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar