10:12 19 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Juan Guaidó, líder da oposição e autoproclamado presidente interino da Venezuela, durante discurso em Caracas (arquivo)

    Autoridades resolvem inabilitar Guaidó por 15 anos

    © Sputnik / Leo Alvarez
    Américas
    URL curta
    18483

    Autoridades da Venezuela decidiram inabilitar o deputado Juan Guaidó para exercer cargos políticos pelos próximos 15 anos.

    O controlador do estado, Elvis Amoroso, afirmou que Guaidó deve ser impedido de ocupar cargos públicos por ter inconsistências em suas divulgações financeiras pessoais e um histórico de gastos que não corresponde ao seu nível de renda. Segundo ele, o líder da oposição fez mais de 91 viagens para fora do país, gastando cerca de 520 milhões de bolívares. 

    ​"Controlador-geral da República inabilita politicamente Juan Guaidó por 15 anos."

    Além disso, Gauidó também teria violado uma proibição de viagem imposta a ele pelo Supremo Tribunal da Venezuela, quando foi à Colômbia em 22 de fevereiro para ajudar a levar a ajuda humanitária patrocinada pelos EUA à Venezuela, em uma medida não autorizada por Caracas.

    Mais:

    Especialista: algo deu errado no plano dos EUA e Guaidó de mudar o poder na Venezuela
    Desconhecidos atacam carro de Juan Guaidó em Caracas (VÍDEO)
    Guaidó convoca venezuelanos para derrubar o presidente Nicolás Maduro
    Maduro acusa EUA e Guaidó de arquitetar seu assassinato
    Tags:
    Elvis Amoroso, Juan Guaidó, Colômbia, Caracas, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar