11:00 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Papa Francisco muda solidéu

    Papa Francisco aceita renúncia de cardeal acusado de encobrir abuso sexual

    © AP Photo / Alessandra Tarantino
    Américas
    URL curta
    120
    Nos siga no

    O papa Francisco aceitou a renúncia do cardeal Ricardo Ezzati, arcebispo de Santiago, acusado de encobrir os abusos sexuais dentro da Igreja, disse o Vaticano em comunicado no sábado.

    "O Santo Padre Francisco aceitou a renúncia do cuidador pastoral da Arquidiocese de Santiago do Chile, apresentada por Sua Eminência Cardeal Ricardo Ezzati Andrello, S.D.B. [siga que referencia congregação dos salesianos]", disse o serviço de imprensa da Santa Sé.

    O papa nomeou o bispo Celestino Braco da cidade chilena de Copiapó como o administrador apostólico que será responsável pela Arquidiocese de Santiago até que um novo arcebispo seja nomeado.

    Ezzati, de 77 anos, foi acusado de encobrir o abuso sexual supostamente cometido por membros do clero católico chileno. Ele nega a transgressão.

    Mais de 100 membros do clero católico no Chile estão atualmente sendo investigados por supostos abusos sexuais de menores. O escândalo eclodiu em 2011, depois que a Igreja Católica chilena concluiu uma investigação e considerou o padre Fernando Karadima culpado de pedofilia. O escândalo motivou a convocação de uma reunião sem precedentes em Roma em setembro, na qual o papa convidou os bispos a discutir a má conduta sexual na instituição.

    Tags:
    Igreja Católica, Fernando Karadima, Papa Francisco, Ricardo Ezzati Andrello, Celestino Braco, Santiago, Chile
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar