04:32 19 Junho 2019
Ouvir Rádio
    La Alta Comisionada de la ONU para los Derechos Humanos, Michelle Bachelet

    Alta comissária da ONU alerta para o encolhimento da democracia na Venezuela

    © AP Photo / Jorge Silva
    Américas
    URL curta
    1245

    A alta comissária da Organização das Nações Unidas para os Direitos Humanos, a chilena Michelle Bachelet, disse nesta quarta-feira (20) estar preocupada com o “encolhimento do espaço democrático” na Venezuela.

    Segundo ela, também está apreensiva com os relatos de excessos cometidos por forças de segurança no país. Bachelet alertou para a violência indiscriminada e o agravamento da crise que atinge todos os setores do país, afetando, sobretudo, crianças e grávidas.

    “Estou profundamente preocupada com o encolhimento do espaço democrático, especialmente, com a contínua criminalização de protestos e dissidências pacíficas”, disse Bachelet, informando que nos primeiros dois meses deste ano foram documentados relatos de violações dos direitos humanos e abusos por forças de segurança e grupos armados pró-governo Nicolás Maduro.

    Bachelet disse que os relatos reúnem informações sobre o uso excessivo força, assassinatos, detenções arbitrárias, tortura e maus tratos em detenção e ameaças e intimidações.

    De acordo com ela, os agentes do Estado são apontados por mortes indiscriminadas.

    A alta comissária disse que os assassinatos seguem “um padrão similar”: durante incursões ilegais promovidas pelas forças de segurança. Em seguida, o comunicado oficial é que houve “um confronto armado”.

    Tags:
    Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar