21:30 22 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira norte-americana sobre a Embaixada dos Estados Unidos em Caracas, Venezuela

    EUA anunciam que irão retirar todos os funcionários da embaixada na Venezuela

    © REUTERS / Marco Bello
    Américas
    URL curta
    14180

    O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse nesta segunda-feira (12) que a "presença do corpo diplomático dos EUA" na embaixada dos EUA na Venezuela "se tornou uma restrição à política dos EUA".

    Segundo Pompeo, a decisão de retirar os diplomatas remanescentes dos EUA reflete a "deterioração da situação" no país, que está em crise.

    ​As tensões na Venezuela aumentaram em janeiro, quando o líder da oposição, Guaidó, apoiado pelos EUA, declarou-se o presidente interino do país. Os EUA imediatamente reconheceram Guaidó, apreenderam bilhões de dólares em bens da Venezuela e ameaçaram usar uma ação militar contra o governo do atual presidente Nicolas Maduro.

    Maduro chamou Guaidó de fantoche dos Estados Unidos e acusou os EUA de tentarem orquestrar um golpe para derrubar o governo legítimo da Venezuela.

    Rússia, China, Turquia, México, Bolívia e vários outros países reafirmaram seu apoio a Maduro constitucionalmente eleito como o único presidente legítimo da Venezuela. As Nações Unidas também reconhecem o governo de Maduro como autoridade legítima da Venezuela.

    Tags:
    embaixada, Estados Unidos, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar