15:11 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Donald Trump, presidente dos EUA faz discurso sobre a crise na Venezuela em Miami, 18 de fevereiro de 2019

    Chanceler da República Bolivariana considera Donald Trump 'chefe da oposição venezuelana'

    © REUTERS / Kevin Lamarque
    Américas
    URL curta
    Crise política na Venezuela se agrava (163)
    11110

    O ministro venezuelano das Relações Exteriores, Jorge Arreaza, chamou o presidente dos EUA, Donald Trump, de "chefe da oposição venezuelana", acusando os EUA de interferirem nos assuntos internos do país.

    A declaração foi feita por Jorge Arreaza no programa American Democracy Now durante uma transmissão ao vivo.

    "Por que eles [os presidentes da Venezuela, Nicolás Maduro, e dos EUA, Donald Trump] não podem se encontrar? Isso iria resolver tudo. Maduro é o chefe do governo venezuelano e Trump é o chefe da oposição na Venezuela."

    Ao mesmo tempo, Arreaza observou que a pressão no país vem de fora.

    "Atualmente, no meu país tudo está calmo […] todo mundo vai para o trabalho, os jovens vão para as universidades ou para as escolas, as pessoas vão para as praias nos fins de semana. Na próxima semana há um carnaval na Venezuela com feriados. Toda a pressão vem do exterior", revelou o chanceler venezuelano.

    Segundo Arreaza, atualmente o Pentágono e a Casa Branca não permitem que a oposição venezuelana se sente à mesa das negociações com representantes de Nicolás Maduro.

    Em janeiro, na Venezuela ocorreu uma onda de protestos contra o atual presidente Nicolás Maduro, reeleito em março passado. Em 23 de janeiro, o líder da oposição, Juan Guaidó, declarou-se presidente interino, tendo sido apoiado pelos EUA e vários outros países. Maduro recebeu apoio de tais países como a Rússia, México, China, Turquia, Indonésia e outros.

    Tema:
    Crise política na Venezuela se agrava (163)

    Mais:

    Mourão diz que Brasil segue 'contra intervenção militar' na Venezuela
    Pompeo não descarta possibilidade de operação militar na Venezuela
    ONU condena violência na fronteira da Venezuela
    Deputado oposicionista da Venezuela pede 'força' contra Maduro
    Tags:
    pressão política, interferência estrangeira, líder, oposição, Jorge Arreaza, Donald Trump, Nicolás Maduro, Venezuela, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar