06:32 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    O presidente do Chile, Sebastián Piñera, o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó, o presidente da Colômbia, Ivan Duque e o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez, participam do concerto Venezuela Live Aid na fronteira entre Colômbia e Venezuela, na cidade de Cucuta.

    Chanceler brasileiro transmite 'recado' de Juan Guaidó a Bolsonaro

    © REUTERS / Marcelo Segura/Presidência do Chile
    Américas
    URL curta
    Confrontos nas zonas fronteiriças da Venezuela (51)
    21616
    Nos siga no

    O chanceler brasileiro, Ernesto Araújo viajou até Cúcuta, na fronteira entre Venezuela e Colômbia, para acompanhar maratona de shows que tenta arrecadar fundos e pressionar Maduro a autorizar o recebimento de ajuda humanitária. Por lá, encontrou o autoproclamado presidente venezuelano Juan Guaidó, que mandou recado a Bolsonaro.

    A maratona de shows foi acompanhada pelos presidentes de Colômbia, Ivan Duque, Chile, Sebastián Piñera, e Paraguai, Mario Abdo Benítez, além do secretário geral da OEA, Luis Almagro. Organizado pelo bilionário Richard Branson, dono da Virgin, o evento tentará arrecadar US$100 mi em 60 dias de maratona com apresentações de artistas como Alejandro Sans, Maluma, Luis Fonsi e outros.

    De passagem, Araújo acabou encontrando Guaidó, que desafiou ordens do Superior Tribunal de Justiça da Venezuela e, mesmo proibido, cruzou a fronteira e saiu do país.

    ​No evento, o ministro brasileiro abraçou o autoproclamado presidente, que em resposta agradeceu Bolsonaro pelo "apoio a uma Venezuela livre".

    Tema:
    Confrontos nas zonas fronteiriças da Venezuela (51)
    Tags:
    Virgin, Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela, Alejandro Sans, Maluma, Richard Branson, Ivan Duque, Mario Abdo Benítez, Sebastián Piñera, Jair Bolsonaro, Luis Almagro, Cúcuta, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar