00:14 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Fogo de artifício na final da Copa do Mundo 2018 em Moscou.

    Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai querem sediar Copa do Mundo de 2030

    © Sputnik / Vladimir Pesnya
    Américas
    URL curta
    110
    Nos siga no

    Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai apresentarão uma proposta conjunta para sediar a Copa do Mundo de 2030, informou nesta quinta-feira (14) o presidente do Chile, Sebastian Piñera.

    Argentina, Paraguai e Uruguai já enviaram uma proposta conjunta para sediar a edição centenária do torneio de maior prestígio do futebol, mas Piñera disse no Twitter que os presidentes desses países concordaram com a participação do Chile na "candidatura conjunta".

    A Argentina e o Uruguai anunciaram originalmente sua intenção de apresentar uma proposta conjunta em 2017, antes do Paraguai se unir à coalizão no final daquele ano.

    Em dezembro do ano passado, o presidente da Bolívia, Evo Morales, ofereceu a esses três países ajuda na proposta.

    Se sua oferta tivesse sido aceita, isso significaria que o estádio Hernando Siles Reyes em La Paz seria potencialmente utilizado na competição.

    Piñera disse que vinha discutindo sua ideia com os presidentes da Argentina, Paraguai e Uruguai.

    O Uruguai recebeu e venceu a primeira Copa do Mundo em 1930, o Chile foi sede em 1962 e a Argentina imitou a conquista do seu vizinho erguendo o troféu em casa em 1978.

    Como Morales, Mauricio Macri, da Argentina, o uruguaio Tabaré Vázquez e o paraguaio Mario Abdo Benítez, todos apaixonados por futebol, foram presidentes de clubes em seus países.

    Piñera é um empresário bilionário que começou como professor e não tem nenhuma conexão anterior com o futebol.

    A candidatura sul-americana enfrenta a concorrência do Marrocos e potencialmente várias outras propostas conjuntas, incluindo uma da Grã-Bretanha e da Irlanda e outra de uma confederação da Grécia, Sérvia, Bulgária e Romênia.

    O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, chegou a discutir uma proposta conjunta com Marrocos e Portugal.

    Mais:

    Chile não irá ao Uruguai para conferência sobre crise na Venezuela
    Chile afirma que vai manter sua embaixada em Caracas
    Terremoto de 6,7 graus atinge costa do Chile
    Acidente envolvendo avião de pequeno porte deixa 2 feridos no Chile (FOTOS)
    Panorama desolador da lagoa de Acuelo que secou por completo no Chile
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar